www.promoradia.com.br      

Muriaé (MG),  
     


Pró-Moradia

“Há mais alegria em dar do que em receber” (Ato dos Apóstolos, 20.35)

O Projeto Pró-Moradia é uma organização sem fins lucrativos que foi criada em Muriaé (MG) com a missão de oferecer acesso à moradia a famílias de baixa renda. Dessa forma, livres do aluguel que pesa no orçamento, essas famílias têm condições de se promover, ter uma vida digna e investir na saúde e educação de seus filhos. Fundada em1992 já atendeu mais de 700 famílias que hoje vivem nos bairros Padre Tiago (nome do fundador) e São Joaquim, em Muriaé.

A filosofia do projeto, no entanto, vai além da simples doação de casas populares. Busca também o desenvolvimento e participação dos moradores na vivência em comunidade desde as primeiras etapas no Pró-Moradia. As casas são construídas pelo sistema de mutirão: os próprios futuros moradores do bairro trabalham na construção dessas casas durante os finais de semana, assistidos por um mestre de obras. O trabalho dura cerca de seis meses. Cada imóvel é construído em um lote que permite a sua ampliação.

Além das casas, o Pró-Moradia também busca prestar assistência, orientar e educar as famílias beneficiárias, desenvolvendo projeto educacional e humano. Nas palavras do fundador, mais do que uma casa, o Pró-Moradia oferece um lar a essas famílias.

Desde 1994, as Obras Sociais Pró-Moradia são reconhecidas como Utilidade Pública Municipal, Estadual e Federal, com registro e Certificado do Conselho Nacional de Assistência Social, vinculado ao Ministério de Desenvolvimento e Combate à Fome.

Estrutura

As Obras Sociais Pró-Moradia funcionam basicamente pelo trabalho de voluntários. Os recursos financeiros, utilizados para a manutenção do projeto, compra de material de construção e de parte dos lotes são doados por pessoas ou grupos de amigos da cidade de Muriaé e de outros países. Significativas doações oriundas da Holanda, da Alemanha e da Suiça deram suporte ao Projeto em seus primeiros anos. Os próprios futuros moradores constroem as casas. A infra-estrutura do bairro é responsabilidade da Prefeitura; e todos os trabalhos são organizados por uma diretoria preparada pelo próprio Padre Tiago.

Para se beneficiar do Pro-Moradia, as famílias se inscrevem e passam por um processo de admissão, em que é verificada a sua situação socioeconômica. Entre as exigências para que a família possa ser contemplada com benefícios do projeto, estão:

  ter filhos menores de 12 anos e matriculados na escola;
  nenhum membro da família estar envolvido com drogas ou ter
ficha na polícia;
  estar aberto à boa convivência em comunidade.
     

A cada semestre é formada uma nova turma para o mutirão, da qual participam os/as chefes de família durante seis meses. A casa é, então, entregue em regime de comodato por tempo indeterminado. Durante esse tempo, a família fica impedida de vender a casa e se compromete a manter os filhos na escola.


   
 
ESCOLHA O IDIOMA
Choose Language
Kies Taal
Português (BR)
English
Nederlands
 
 
   
 
 
 
 
 
Descrição da Foto
 
   
 
Descrição da Foto
 
     
resolução: 1024x768 - todos os direitos reservados

Página Inicial | História | O Fundador | Centro Cultural | Fotografias | Como Ajudar | Orçamento | Diretoria | Na Mídia | Contato